Família Trecenti

Category: sucessão

Dois começos uma história de sucesso

A certeza de que a evolução dos negócios e das relações familiares caminha lado a lado é a base para a estrutura sólida na qual se baseia a Família Trecenti,  controladora do Grupo Lwart e vencedora do Prêmio Família Empresária 2012

A evolução ininterrupta na gestão de seus negócios e suas relações interfamiliares e a certeza de que se trata de um processo sem prazo para acabar é a base para a estrutura sólida na qual se baseia a família Trecenti, vencedora do Prêmio Família Empresária 2012. Controladora do Grupo Lwart, há tempos a família trabalha na evolução de suas práticas de governança corporativa, que inclui, além de processos que garantem a excelência na gestão dos negócios, mecanismos que asseguram o convívio feliz e saudável das suas, até aqui, quatro gerações.

Com dois começos, ambos exemplos de coragem e perseverança de seus fundadores, os irmãos Luiz, Wilson, Alberto e Renato Trecenti , a história do Grupo Lwart serve de motivação para aqueles que têm sonhos. O primeiro aconteceu em 1952, quando com recursos vindos do trabalho de um armazém da família e o apoio do pai, os irmãos fundaram a Trecenti Indústria e Comércio Ltda., onde fabricavam portas e janelas e forneciam mão de obra para a construção das destilarias de açúcar e álcool da região de Lençóis Paulista, no interior de São Paulo. Esse negócio depois evoluiu para a produção de equipamentos agrícolas, carrocerias e carretas para transporte de cana. Mais tarde, na década de 60, os irmãos passaram a produzir vergalhões para construções, estruturas metálicas e equipamentos agrícolas como plantadeiras e correntões projetados na própria empresa. Em 1962, abriram um comércio de ferragens e materiais de construção, a Ferragens São Carlos, batizada com este nome em homenagem ao pai, Carlos Trecenti.

Com a evolução dos trabalhos da oficina, veio o segundo começo: os irmãos já atendiam clientes em outros estados do país e, numa viagem de negócios, conheceram a atividade que deu origem à Lwart Lubrificantes, primeira empresa do Grupo, fundada em 1975: a coleta e o rerrefino de óleos lubrificantes usados. A própria oficina da família construiu os equipamentos da primeira fábrica, chamada hoje carinhosamente de “Lwartinha”. “O nome Lwart é a união das iniciais do nome de cada um dos fundadores com a primeira letra do sobrenome da família”, explica Carlos Renato Trecenti, CEO do Grupo Lwart. “Criar uma marca com as iniciais dos irmãos era um sonho que o tio Luiz tinha desde o início dos anos 1960”, conta o executivo, que é filho de Renato Trecenti e, portanto, membro da segunda geração da família.

Para tristeza da família, o “tio Luiz” faleceu em 1964, sem ver o sucesso que teria a empresa que ele ajudou a criar. Mas os negócios não perderam força por isso. “Nossa geração [a segunda] é bastante grande. Já na década de 60 alguns primos estavam envolvidos com os negócios”, afirma Carlos Renato, referindo-se a filhos de Luiz que participaram da fundação da Lwart.

A Lwart Lubrificantes tinha capacidade inicial para processar 80 mil litros por mês. Hoje, mais de 30 anos depois, a empresa conta com 15 centros de coleta, frota própria de mais de 250 veículos para atender todo o país e duas unidades de rerrefino, uma em Lençóis Paulista (SP) e outra em Feira de Santana (BA), processando 140 milhões de litros/ano de óleo usado. É considerada a maior rerrefinadora da América Latina.

Em 1982, outro dos fundadores, Wilson, também morreu. A exemplo da perda de Luiz, a família seguiu em frente e, dois anos depois, interessada em ampliar os negócios do Grupo Lwart, identificou a disponibilidade de florestas plantadas como potencial para um novo empreendimento. Em 1984, criaram a Lwarcel Celulose, que hoje tem capacidade de produzir 250 mil toneladas de celulose por ano, sempre com atuação sustentável e controle ambiental.

E a evolução dos negócios seguiu com a fundação da Lwart Química, em 1997. A empresa é especializada em soluções para impermeabilização, isolação termo acústica e pavimentação. Ela utiliza um composto asfáltico obtido do processo do rerrefino da Lwart Lubrificantes como uma de suas principais matérias-primas. O Grupo Lwart emprega hoje 3,3 mil colaboradores, entre funcionários diretos e terceirizados, e faturou R$ 732 milhões em 2011.

Segredo para o sucesso

Experiência, inovação, profissionalismo, investimentos e dedicação são alguns dos ingredientes para o sucesso dos negócios do Grupo Lwart. No entanto, esse sucesso seria impossível se não tivesse sido mantida a união da família Trecenti por trás dos empreendimentos. Durante os 33 anos de sua história, o Grupo Lwart foi conduzido por seus fundadores. Dentro de um processo de transição planejada, os fundadores, a partir de 2009, passaram a atuar como membros do Conselho de Administração, deixando a direção executiva das empresas para uma nova equipe.

Paralelamente ao crescimento do Grupo, a família dos fundadores também cresceu. E em uma organização maior e mais complexa exigiu a criação de uma estrutura e normas que orientassem a maneira como a empresa seria administrada. Sob a proposta de tornar as regras conhecidas por todos, orientar e facilitar os processos de decisão, definindo o papel e a autonomia de cada um e, principalmente, permitir que a companhia seja conduzida com transparência, seriedade e responsabilidade, o grupo implantou um sistema de governança moderno. No Grupo Lwart, a estrutura de governança atual também conta, além do Conselho de Administração, com Conselhos de Família e de Sócios.

Desde 2008 a família mantém um acordo societário com uma série de regras previstas, incluindo regras de uso de serviços, regras para trabalhar na empresa, códigos de conduta, valores e missão da empresa, entre outras coisas. Agora, através dos conselhos, a família organiza um protocolo que vem complementar e amarrar tudo o que está previsto nesse acordo. “A somatória disso tudo irá compor o protocolo que deve ser finalizado ainda em 2012”, explica Henrique Trecenti, membro do Conselho de Família do Grupo Lwart. Henrique é neto de Alberto e um dos representantes da terceira geração da família na empresa.